Tudo o que eu escrevo é de improviso. Um improviso pensado.

.posts recentes

. Reforço positivo

. Tenho rezado todos os dia...

. Relembrando Eça

. Marx avisou

. Onde arranjar metáforas?

. Esperar é uma virtude

. Aprender uma língua

. A culpa é do remador

. Ralhar não dói

. Escrever também cansa

.arquivos

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

Fragmentos dela, dele e às vezes dos outros (4)

Em primeiro lugar quero agradecer à Lusitana ter-me inserido na sua corrente da amizade e pelas palavras bonitas com que indiciou estes Improvisos.

Lusitana, eu não faço a escolha de blogs devida porque não conseguiria dormir se deixasse algum de fora.

---------------------------------------------------

Sempre que ela entrava naquele espaço branco a paz que ela desejava invadia-lhe os sentidos.

  

Poucos móveis. Apenas os necessários. Poucos objectos. Quase nenhuns. Não eram precisos. Ela gostava assim. O silêncio da privacidade de quatro paredes.

 

As cortinas transparentes, ora deixavam passar os raios de sol quando os dias eram claros ora o cinza deslavado dos dias nublados. Em frente, o rio corria sempre na mesma direcção. Às vezes frenético, às  vezes  calmo, levando sempre consigo destroços de madeira. Naquele dia ele abriu as portas da varanda e juntos no varandim apreciaram aquelas águas meio lamacentas.

- Gostei do que  escreveste.- disse ela.

- Gostaste? Escrevi para ti.

 

Naquele espaço branco tudo era calmo e bom.

 

Leonoreta

 


publicado por leonoreta às 14:36

link do post | comentar | favorito
|

8 comentários:
De António a 31 de Agosto de 2007 às 18:39
Querida Leonor!
Um texto que me parece pessoal e intimista.
Será que acertei?

Beijinhos


De heretico a 31 de Agosto de 2007 às 21:51
a vida imita a literatura...

excelente domínio da escrita.


De Lusitana a 31 de Agosto de 2007 às 23:57
:D Compreendo a tua posição...
Texto... sempre muito bem escrito :) , é o que eu digo... sempre aprendo um pouquinho mais de português sempre que leio um post teu :D

beijinhos *


De haddock a 2 de Setembro de 2007 às 01:26
os melhores "conhecimentos" não nos são formalmente apresentados.
e leonor é nome da (nossa) família.
mais um inspirado momento baptismal...

e o que escrevemos também é para ti...

e somos rebeldes... às regras da (boa) escrita...

(e é difícil comentar aqui! )

abraço


De pedro alex a 3 de Setembro de 2007 às 14:39
Sou um fã incondicional dos teus fragmentos. No início julgava-os herméticos ,sem possibilidade de os comentar, fui lendo e sentindo-os de forma diferente.
Um Must...


De alexiaa a 3 de Setembro de 2007 às 21:45
Acho que ha sempre um dia em que inevitavelmente prolongamos os espaços calmos e bons a "varandas" um pouco mais pertinentes!
Não estou aqui a interpretar o que escreveste, estava a pensar em mim, no que as vezes anseio transpor certos...niveis!

Beijo Leonor


De leonoreta a 3 de Setembro de 2007 às 22:09
alexia
poderias interpretar o meu texto como quisesses. mas acertaste na mouche. quando escrevo é para o leitor se transpor para alem deles com os seus textos e me dizer porque.
beijinhos


De almapater a 29 de Setembro de 2007 às 14:31
Era alto Outono, pela certa.
Historicamente, o nome veio-lhe dessa cor inimitável que lhe carrega nas entranhas a terra lamacenta da turbulência de sempre, mesmo quando aparentemente, se faz dourado nos reflexos do sol.. Restos de vimes arrancados aos socalcos mais baixos, tábuas luzidias de limo verde e negro, arrancadas aos fundos de seixos rolados e escorregadios, lágrimas de sangue, arrancadas aos corações dos homens que se lhe dão.
Douro é o branco do conforto e da paz.
( Brindo a ti)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.tags

. todas as tags

.links

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds